sábado, maio 17, 2014

É...

... assustador ver os números de casos de cancro na pele que são divulgados me cada início de época balnear. É assustador ver como a irresponsabilidade das pessoas teima em não desaparecer. E é assustador ver o que pais fazem aos seus filhos pequenos nas praias ou ao ar livre, deixando-os expostos ao sol sem protecção, sem uma camisola de algodão vestida ou levando-os para a praia nos períodos de maior calor e de maior incidência solar.

Desde pequena que os meus pais sempre tiveram cuidados redobrados com a minha exposição ao sol. Praia era desde bem cedo e apenas até por voltas das 11h30 ou 12h sempre muito bem besuntada com protecotr solar de factor bem elevado, que era sempre reposto a cada banho de mar. Depois, mais velha, eu própria sempre fui cuidadosa aplicando protector solar, tanto no Verão como no Inverno (neste caso, principalmente no rosto). Mais tarde, veio a prática de muito desporto ao ar livre e o protector solar continuou a fazer parte das minhas rotinas, sempre com factor de protecção bem elevado, e sempre a aplicar tanto no corpo como no rostos e com atenção redobrada para um sinal um pouco maior que tenho num ombro. Também as idas ao dermataologista acontecem e nessas o sinal é sempre observado para se ver se tem alguma alteração que seja relevante de ser analisada. Eu própria faço a vigilância desse sinal para ver se vou detectando alguma alteração. São pequenos cuidados que todos nós podemos ter no nosso dia-a-dia e que não custam nada. É como fazermos a nossa higiene diária, comermos ou bebermos água. Trata-se de hábitos que se criam e que apenas contribuem para a nossa protecção.

Numa altura em que as corridas e os praticantes de corrida aparecem a cada esquina, o problema da protecção solar torna-se ainda mais relevante quando a maior parte dos corredores afirma não utilizar protector solar regularmente durante a sua prática desportiva. Para mim, é uma rotina como outra qualquer como tratar da roupa de desporto ou ter o iPod e o relógio GPS com bateria. Foi por isso que escrevi um post esta semana, no blog Corre mais rápido, em que deixei algumas sugestões de protectores solares especialmente indicados para a prática desportiva, fruto das suas texturas mais leves, e sempre com factor de protecção bem elevado.

Espero que gostem das dicas! E nunca se esqueçam... A pele é o maior órgão do vosso corpo, cuidem bem dele!

2 comentários: