sábado, dezembro 31, 2011

Esta...




(imagens weheartit)

... é uma noite feita de brilhos...
... De mil e um desejos...
... De revisão e novas ideias...
... De sonhos...

E neste que é o último post de 2011 do "À minha volta" desejo-vos que a entrada no novo ano seja fantástico junto daqueles que fazem mais sentido nas vossas vidas. Espero que o novo ano seja recheado de muitas boas surpresas porque todos nós merecemos acordar todos os dias com aquele sorriso de criança. Que 2012 seja feito de muitas nuvens de algodão doce recheadas de sonhos. Que a realidade de 2012 seja feliz para todos nós. Tudo de bom para todos!

Porque...

(imagem Pinterest)

... em noite de passagem de ano é impossível não pensar na indumentária... Hoje podia ser assim!

E...

(imagem de Pinterest)

... chegou o último dia do ano!!! Não sei como foi convosco para este ano de 2011, para mim, passou mesmo a correr. Parece que ainda ontem estava a acordar na manhã do dia 1 de Janeiro e hoje já é dia 31 de Dezembro. Tenho a sensação de que, com o passar dos anos, o tempo tende a passar cada vez mais rápido. Não sei se será por termos mais coisas para fazer e já não sermos crianças em tempos de escola mas o tempo tem vindo a ganhar uma velocidade de cruzeiro. É um facto! E chegado o último dia do ano é o momento de "deitar contas à vida", de fazer balanços e tomar decisões para o novo ano. 2011 não foi melhor ano da minha vida. Um pouco na linha de 2010... Existem fases nas nossas vidas que são menos boas e que se querem que passem bem depressa. Fazendo o balanço destes últimos dois anos, vejo que devem ter sido os dois anos em que mais lágrimas derramei... Por motivos do coração, por duas pessoas muito queridas que partiram, por algumas dificuldades no trabalho, ... Enfim... Não foram anos brilhantes. Nada que se pareça... Temos alturas em que pensamos que parece que tudo nos corre mal e que parece que nunca mais vemos a luz ao fundo do túnel. Apesar disso, tento sempre manter-me positiva pois deixar-me levar pelos acontecimentos em nada me favorece. Antes pelo contrário. Apenas me vai levar a mais maus acontecimentos e não é isso que desejo nem para mim nem para os meus. Quero momentos de sorrisos, de partilha e de felicidade. Quero desejos e sonhos concretizados para todos. Em suma, quero que a felicidade seja uma constante na vida. Optem sempre pela via do positivismo, por mais difícil que isso vos pareça. Privilegiem o sorriso e os afectos. E nunca encarem uma porta fechada como um beco sem saída. Acreditem que existe forma de a abrir e ter novos caminhos. E mais do que desejar-vos que tenham um óptimo dia... Hoje desejo-vos que tenham uma óptima vida!

sexta-feira, dezembro 30, 2011

Por...

(imagem daqui)

... essa blogosfera existem ideias muito engraçadas sobre tudo. Sobre moda, organização, cozinha, artesanato (o chamado urbano e não só!)... Sei lá! Uma imensidão de coisas que nem as consigo descrever aqui todas. E confesso que estou sempre a aprender algo de novo com as coisas que vou lendo... E, inevitável, vou também recolhendo ideias aqui para este cantinho...
Para o caso de ainda não se terem dado conta, aqui a Fiona é a uma fã confessa de fotografia. Em minha casa sempre houve máquina fotográfica desde que eu me conheço por gente. A velhinha Kodak prenda do padrinho em que se tinha que puxar o rolo porque não havia cá dessas esquisitices de passar o rolo à frente de forma automática. Seguiu-se a Olympus, já com passagem de rolo automática, e uma Nikon, ambas da era pré-fotografia digital, que eram partilhadas com os papás em todos os passeios, viagens e comemorações. Uns anos mais tarde, chegou o momento de ser eu a adquirir a minha primeira máquina fotográfica e, na altura, optei por uma Sony digital que me acompanha até hoje e da qual gosto muito. Compacta como se quer para andar facilmente para todo o lado e que não me tem desiludido nada. Mas como um apaixonado por fotografia quer sempre mais, há coisa de uns dois anos foi chegado o momento de "dar o salto" e adquirir algo um pouco mais elaborado. Era chegado o momento de comprar uma máquina que me permitisse adaptar as objectivos ao que eu pretendesse fotografar e a grande eleita (e sugerida por muitos!) foi a Canon EOS 500D. E o quanto eu gosta desta menina. Já tive oportunidade de fotografar muita coisa com ela e não desilude nada, nada!
E agora vocês perguntam-me assim... "Mas o que nos interessa a nós que nos estejas a contar "tim tim por tim tim" que máquinas fotográficas já tiveste, o que andaste a fazer com elas e bla bla bla whiskas saquetas". Pois bem... Esta conversa toda tem uma razão de ser...
Primeiro: uma das resoluções que gostava de concretizar em 2012 era tirar um curso de fotografia. Mesmo que seja do mais básico era algo que eu gostava de fazer. Porque, como se costuma dizer, o saber não ocupa lugar e saber de fotografia acho que não faz mal nenhum. Ainda para mais, quando tenho uma máquina como a minha. Segundo (e o verdadeiro motivo deste post...): tenho visto em alguns blogs (e não é de agora...) o famoso projecto 365 dias que passa por todos os dias tirarmos uma foto, não importa do quê, e partilhá-la. Já ouvi falar dele no blog da Miúda Eléctrica e já andei a ver o fantástico resultado deste projecto no blog sueco Chez Larsson. E assim começa a palpitar de fazer algo de diferente em 2012. De ir registando em fotografia coisas dos meus dias, do meu dia-a-dia de formiguinha sempre de um lado o outro entre duas margens do rio. Quem sabe se esta não vai ser também uma resolução para o ano que amanhã inicia?

Momento...

(imagem de Living Atmosphere)

... de inspiração: uma sala em tons de verde.

Com...



... os desejos de um dia muito docinho para todos. Tenham uma fantástica 6ª feira!

quinta-feira, dezembro 29, 2011

Se...


... existe coisa que gosto de fazer aqui no blog é partilhar as minhas descobertas. Tenho umas quantas paixões sobre as quais gosto de pesquisar na Internet para saber das novidades, para partilhar experiência... Enfim, para me inspirar. Uma das minhas grandes paixões é viajar e, conforme já disse várias vezes, fosse eu extraordinariamente milionária e era ver-me a deambular pelo mundo fora sempre em busca de novas e interessantes paragens. Mas enquanto não me sai o Euromilhões vou "viajando" pela Internet. E numa destas "viagens" descobri um site deveras interessante e original. Trata-se do "They draw and travel" e pode ser visitado aqui. Este é um local de partilha onde podemos encontrar pequenos mapas de ilustradores de todo o Mundo. É muito engraçado fazermos uma pesquisa com o nome da cidade que iremos visitar em breve, por exemplo, e encontrar por lá ilustrações muito engraçadas destas cidades e das principais atracções a visitar. Aqui vos deixo com três exemplos: Paris, Londres e a minha amada Lisboa para vos despertar a curiosidade. Passem por lá e inspirem-se!



E...

(imagem weheartit)

... eis que, no meio de uma semana dedicada ao descanso, há que hoje me dedicar ao trabalho. Há dias assim e as responsabilidades falam mais alto. Por isso toca a chutar a preguiça para canto e a dizer "Bom dia!" bem alto porque hoje há que ter a energia em níveis elevados. Aproveitem bem esta última 5ª feira do ano e tenham um excelente dia!

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Momento..


... de serviço público no "À minha volta"! Atenção, Atenção! Leiam-me com muita atenção que isto é deveras importante para todas as meninas em tempos de saldos. Preparem-se para o post mais fútil dos últimos tempos! Pois bem, então aqui vai... Conforme se fala por essa blogosfera fora e em várias redes sociais, tiveram hoje início os saldos. Aquela época mágica para qualquer mulher vaidosa (e não só!). Embora o Natal tenha passado há muito poucos dias, a veia das compras está sempre bem desperta. Mas como em tempos de crise as compras necessitam de ser bem ponderadas e há que procurar bons negócios, aqui fica a minha sugestão que resulta, tão simplesmente, das belas aquisições que fiz hoje numa breve ida às compras (aquela que será a minha única ida aos saldos porque, sejamos sinceros, não preciso assim de grande coisa e a fase de comprar apenas "porque sim" já passou há muito!). Isto de enfrentar o frio e a chuva logo pela manhã a caminho do trabalho tem muito que se lhe diga e, quer queiramos quer não, as galochas em versão fashion foram uma das melhores invenções dos últimos tempos. Já tenho falado por aqui do quanto gostava de ter umas Hunter mas, sejamos sinceros... Existem formas muito melhores de gastar 100€ nos dias de hoje... Hunter à parte, andava eu com umas galochas da Benetton debaixo de olho já há uns bons tempos mas pensava sempre que valia a pena esperar até aos saldos para fazer uma melhor compra. E, surpresa das surpresas e logo no primeiro dia de saldos, a Benetton colocou as galochas que eu queria com um desconto de 50%. "Nada mau" pensei eu para com os meus botões. Aproveitei para dar mais uma voltinha pela loja e eis que chego à secção de criança onde existe exactamente o mesmo modelo de galochas que, em época normal, já era mais barato que a versão de adulto cerca de 15€. Experimentei umas do meu número e ficaram que nem uma luva e, como estavam igualmente com 50%, nem pensei duas vezes pois tratava-se de uma boa poupança. E ainda aproveitei para trazer mais um par de botas daquelas bem quentinhas para enfrentar o frio matinal. Conclusão da tarde: se a loja tiver secção de criança aproveitem sempre para dar uma espreitadela pois pode ser que esteja por lá escondido um bom negócio como este. Espreitem as secções de criança da Zara, Massimo Dutti (aqui existem botas de cano alto e mocassins bem giros e com preços bastante mais em conta que os de adulto) e outras que tais em que podem encontrar modelos que não tenham um toque tão infantil e que se possam adaptar perfeitamente ao vosso guarda-roupa. E mesmo que a roupa possa não ser do vosso tamanho, muitas vezes existem acessórios como écharpes, chapéus, sapatos ou mesmo malas que podem perfeitamente ser usadas sem qualquer problema por um adulto. E agora digam lá que isto não foi um verdadeiro momento de serviço público?

Sou...

(imagem retirada de Chez Larsson)

... uma apaixonada por decoração. Adoro recantos que transmitam calma e que me inspirem. Recantos que façam sentir feliz e que me passem energia positiva. E sinto um particular encanto pelas casas dos países da Europa do Norte. Casas em tons de branco pinceladas de cor. Casas luminosas que se confundem com a paisagem de neve. Casas de linhas simples em que todo o espaço é muito bem aproveitado. E um dos mais recentes amores é o blog Chez Larsson da Benita que vive nos arredores de Estocolmo. Adoro a forma como partilha a sua casa e adoro a sua decoração simples e tão funcional. Passem por lá e vejam de que forma se podem sentir inspirados por um blog de um país frio mas que transmite tanto calor e tanta proximidade.

Ser...

(imagem weheartit)

... mulher é engraçado. A sério que sim! Temos dias em que acordamos e que vestimos a primeira peça de roupa que encontramos. Temos outros dias em que gostamos de nos vestir muito, muito bem e não descurar nenhum pormenor. E outros dias temos ainda em que olhamos para o roupeiro e para as gavetas e parece que nada temos o que vestir. Quem é que nunca sofreu deste terrível mal? É verdade... Humores que mudam, vontades que são mais do que muitas... Mas ser mulher não se limita a trapos e a sapatunfos. Passa por ter uma energia enorme para responder a todas as solicitações: família, trabalho e um pouco de tempo para nós próprias. Trata-se de termos a capacidade de conseguir enfrentar muitos problemas, dificuldades e ter a ginástica suficiente para lhes dar a volta. Somos seres estranhos? Às vezes... Concordo com isso... Mas adoro ser mulher!!! Os leitores masculinos deste cantinho que me desculpem mas também tenho dias em que a veia feminina acorda com uma energia que ultrapassa a estratosfera. Tenham um excelente dia e valorizem-se sempre!

terça-feira, dezembro 27, 2011

É...

... uma constante todos os dias, nos mais diversos noticiários, falar-se da crise. Tudo bem que é a fase que estamos a passar, que é uma realidade incontornável mas acho que falar sempre no mesmo assunto e ainda por cima com a mesma tónica um pouco depressiva não ajuda ninguém. Confesso que até eu tenho falado no assunto aqui no blog (que pretendo sempre que seja um local para partilhar as minhas divagações mais cor-de-rosa mais do que nuvens cinzentas...) mas realmente trata-se de um assunto que nos toca a todos diariamente e não há volta a dar. Mas o que eu acho que se pode mudar é forma como se fala nela. Não é torná-la um assunto tabu ou referirmo-nos à crise "como aquela cuja nome não deve ser pronunciado" (ai tão Harry Potter, ai tão nerd) porque enfiarmos a cabeça na areia qual avestruz não nos ajuda a avançar. Apenas acho que temos que encarar a crise como uma alavanca que nos permita ter novas ideias, puxar pela nossa criatividade e conseguirmos dar a volta porque acredito que isso é possível. Claro que é! Então nós somos aqueles portugueses que percorreram tanto oceano em caravelas que mais se assemelhavam a cascas de noz e que venceram tantas adversidades para mostrar ao Mundo novos mundos. Por isso acho que ainda existem formas de nos reinventarmos.
E hoje ouvi algo muito interessante na rubrica Dear Job do programa "Mais Mulher" da SIC Mulher. Falava-se da importância de fazer voluntariado e das mais-valias para a vida profissional que essa opção poderia trazer. Por acaso não faço voluntariado mas é algo que me desperta interesse pois existem mil e uma formas de nos tornarmos mais úteis à sociedade e de nos sentirmos mais realizados como pessoas. E o que achei particularmente interessante na rubrica foi o de se dizer que as empresas e departamentos de recrutamento das organizações valorizam bastante o currículo de um candidato se ele referir que faz voluntariado. E porquê? Porque consideram que as pessoas que fazem voluntariado possuem a capacidade de mais facilmente resolverem os problemas com que se podem deparar, porque estão habituadas a ter de fazer muitas coisas com recursos muito escassos e porque valorizam a relação e a ajuda ao próximo. Nunca tinha visto as coisas por este prisma mas olhem que, se formos a pensar bem, até faz bastante sentido. Dado o enquadramento da vida laboral de hoje em dia, em que as dificuldades são mais uma constante do que um acaso, faz todo o sentido que estejamos cada vez mais adaptados a ser inventivos e a termos a capacidade de contornar essas dificuldades sem baixarmos os braços ou deitarmos a toalha ao chão.
E era a este ponto que eu queria chegar... Não podemos, de forma alguma, cruzar os braços. Toca a ver de que forma podemos valorizar o nosso currículo e torná-lo mais atractivo para o mercado de trabalho. Não estamos contentes com o nosso trabalho actual? É certo que não é o melhor momento para mudanças mas quem sabe se não é agora que pode surgir aquela proposta fantástica de que estávamos à espera há tanto tempo? Vejam de forma se podem valorizar e pensem bem em todas vossas competências. Vejam se não possuem por aí um talento escondido que possa ser utilizado. E façam voluntariado. Acreditem que se vão sentir melhor convosco próprios. Trata-se de dar um pouco de vós a outros que tanto precisam. Façam uma pesquisa pela Internet pois existem muitas organizações a precisarem da nossa ajuda. E, em jeito de sugestão, porque não começam a vossa pesquisa por estas três organizações fantásticas que tanto fazem durante todo o ano? Incluam um projecto de voluntariado nas vossas resoluções para 2012. Verão que não se irão arrepender.

Uma...

(imagem weheartit)

... frase que diz muito acerca do que deve ser a nossa casa:
"Your home is not a museum or a store. For those who love great design, turning your place into an exhibition space can be tempting. Make every inch of your house hospitable before you concern yourself with formality. Your home should invite everyone who experience it to feel happy, wanted and aesthetically nourished"

Celerie Kemble, "To Your Taste" (frase encontrada no blog Belle maison)

Adoro decoração e tudo aquilo que ela pode fazer pela nossa boa disposição. Porque cuidar da nossa casa é dos maiores prazeres que podemos ter.

Porque...

(imagem weheartit)

... todos nós temos manhãs em que nada mais nos apetece do que fazer um pouco de ronha...
E porque é delicioso acordar sem que o despertador tenha algo para me dizer...

Hoje vai fazer-se um dia em velocidade mais lenta. Para desfrutar. Para relaxar. Tenham uma excelente 3ª feira e baixem uma mudança da velocidade dos vossos dias, se puderem! Vão ver que vale a pena!

segunda-feira, dezembro 26, 2011

A...

(imagem weheartit)

... vida tem fases complicadas e outras nem por isso. Momentos em que puxa por nós até aquele que nos parece ser o nosso limite mas em que afinal descobrimos que ainda conseguimos aguentar um pouco mais. E, em jeito de recompensa, esta mesma vida também nos oferece, envolvidos por laços de presente, verdadeiros momentos de dolce fare niente em que recarregamos as nossas baterias para os novos desafios que possam surgir. No meio das subidas e descidas desta montanha russa há que reaprender determinados hábitos, reinventar rotinas até chegar aquele momento de equilíbrio tão desejado. E uma forma de aprendermos algo de novo é, sem dúvida, lendo...
Não sei se um pouco levada por estes momentos de crise em que se vive se por sempre me ter sido incutido um determinado sentido de poupança e de organização tenho-me dedicado, nos últimos tempos, a ler alguns blogs em que se fala de economia e gestão caseira e de organização. Não que aqui por casa se viva à beira de um abismo sendo necessária uma mudança radical de hábitos mas apenas porque o assunto sempre me interessou. Sempre gostei de saber de que forma poderia melhor a minha relação com o dinheiro e de que forma poderia tornar a minha casa ainda mais agradável. Vamos então por partes...
No que toca à questão do porquinho mealheiro, acho que as coisas estão bem encaminhadas porque as conversas que os meus pais sempre tiveram comigo desde tenra idade não caíram em "saco roto" e por isso tenho sempre conseguido conciliar tudo de forma a ter disponibilidade financeira para as obrigações e para as coisas de que mais gosto. Fórmulas mágicas de poupança? Sinceramente acho que não há por aí nenhuma poção milagrosa à nossa espera. Questões de finanças são algumas das mais pessoais que podem existir e cada um deve descobrir a melhor forma de lidar com o assunto. Leituras e conselhos nunca são de mais mas acho que cada um deve dedicar um pouco do seu tempo e ver de que forma pode conseguir atingir aqueles objectivos que pretende. Pois o chapéu que serve a um não fica perfeito a outro...
Organização... Aquele karma para muitas pessoas nos dias de hoje. Vidas atribuladas, horários atribulados e muitas solicitações tornam muito difícil a organização do nosso dia-a-dia... Será? Será que não existem pequenos ajustes que podemos fazer desde o acordar que nos levem a ter tempo para todas as obrigações bem como para a família e o lazer? Olhem que eu quero acreditar que sim... Por exemplo, será que vale a pena prolongar o tempo que estamos na cama de manhã e não podemos aproveitar esse tempo para fazer algumas coisas fundamentais para a organização do nosso dia-a-dia? É certo que nem todas as pessoas se levantam de imediato assim que toca o despertador e bem sei o quanto sabe bem ficar na cama só mais um bocadinho nas manhãs de Inverno... Mas há que ver as coisas como um todo e ver se o nosso objectivo ao final do dia é dormir mais ou ter mais tempo para nós e para aqueles que nos são queridos. Porque no final resumo exactamente a isso: à qualidade de vida que nós e os nossos têm em função de todas as obrigações com que temos de lidar. E para além da gestão do tempo, a gestão da nossa casa é também deveras importante. Porque de que serve ter tempo para aproveitarmos a nossa casa se acharmos que vivemos no meio da confusão e de coisas com as quais não nos identificamos? Se calhar nunca tinham pensado nisto nestes termos mas olhem que por aqui os neurónios têm andado ocupados a pensar nisso... A nossa casa deve, acho eu, ser um reflexo da nossa personalidade e do nosso estado de espírito. E é por isso que ando a pensar se muitos dos objectos aqui por casa fazem sentido ou se posso simplificar algo para sentir esta casa ainda mais minha.

E assim que se finaliza o ano de 2011... Com pensamentos destinados a formas de melhorar o estado de espírito e a visão que se tem da vida... Porque não há nada que nos faça sentir bem do que sentirmo-nos bem na nossa pele.

Nova...

(imagem weheartit)

... semana que inicia. Ainda ontem andava toda a gente a aproveitar os últimos momentos do Natal e nesta semana que hoje começa o objectivo é já outro: a preparação de tudo para a passagem de ano que caminha na nossa direcção a passos largos. É já no próximo fim-de-semana que chega o ano de 2012 e muitos planos se vão fazer nestes próximos dias. O local onde passar a meia-noite, a indumentária a utilizar nessa noite, os amigos ou família com quem se vai estar, os desejos que se vão pedir ao som das badaladas e com sabor a passas... Enfim, uma imensidão de coisas em que se vai pensar durante toda esta semana. A próxima semana será de descanso para mim (com excepção da 5ª feira em que é necessário dar um pulo até ao trabalho). Uma semana em que vou aproveitar para recarregar baterias e tratar de umas últimas arrumações aqui por casa porque há que entrar no novo ano sem nada pendente do ano que finda. E, acima de tudo, uma semana em que vou aproveitar para delinear objectivos para o novo ano. Avaliar de que forma me é possível atingir este ou aquele sonho e possíveis novos projectos em que posso participar. Porque, apesar de todos os cenários mais negros que têm sido pintados nos últimos tempos, estou com um pressentimento de que 2012 não irá ser assim tão mau. Estou positiva em relação ao próximo ano. É assim que quero e que devo estar! Porque hei-de pincelar o meu horizonte de nuvens se prefiro os raios de sol? Sinto-me animada em relação ao novo ano por isso os pensamentos desta semana vão ser alimentados deste positivismo com a certeza de que as coisas irão correr bem. E é com este pensamento que vos desejo uma excelente 2ª feira e um excelente início de semana!

domingo, dezembro 25, 2011

Detalhes...

Os presépios cá de casa

A árvore de Natal ainda com alguns presentes (só lá para 6 de Janeiro é que fica totalmente "despida"...)

Detalhe do serviço do jantar da noite de 24 de Dezembro

A mesa posta para a noite da Consoada

A mesa do almoço de dia 25 de Dezembro

... do Natal da Fiona... Um Natal feito de pequenos pormenores...

O...

... dia de 25 de Dezembro está quase passado. Este ano acho que foi aquele em que mais rápido senti que cheguei ao Natal. A azáfama já passou e agora vivem-se momentos de tranquilidade e de alguma preguiça junto da família. Porque uma vida não pode apenas ser construída de correrias, estes momentos são verdadeiras preciosidades nos dias de hoje. Momentos que devem ser valorizados e aproveitados ao máximo. Bons e belos momentos em suma! O Natal por aqui passou-se bem, com muito mimo e boa paparoca que é o que se quer. Mais do que presentes, valorizo a proximidade e os afectos e esses houve numa gigantesca abundância. Os presentes ainda estão debaixo da árvore. Cá por casa, ontem apenas houve direito a um pequeno mimo porque a verdadeira troca de presentes irá ser no dia 6 de Janeiro, noite de Reis. Peculiaridades da família da Fiona. E o vosso Natal como foi? Muitas prendinhas no sapatinho? Família em alvoroço? Contem-me tudo que sou muito cusca!!

Muito...

(imagem weheartit)

... bom dia, meus queridos leitores! Como passaram a vossa noite de Natal? Espero que tenham sido maravilhosa e que tenha sido recheada de bons e belos momentos junto das vossas famílias. E espero que tenham desfrutado de todas as iguarias desta bela quadra sem quaisquer remorsos porque, como diz uma amiga minha, não são os doces que comemos entre o Natal e o Ano Novo que engordam mas sim os doces que comemos entre o Ano Novo e o Natal. Desfrutem destes dias sem remorsos porque têm o resto do ano para recuperar destes pequenos pecados. Aproveitem os momentos em família em redor da mesa porque são sempre momentos fantásticos.
E as minhas palavras matinais de hoje vão para aqueles que, pelos mais variados motivos, não puderam passar a noite de 24 de Dezembro com as suas famílias. A maioria de nós vive estes dias de Dezembro a preparar tudo para que na noite de 24 de Dezembro e no dia de 25 de Dezembro nada falhe no convívio com a família. Nem nos damos conta de que, nesses momentos, o País não pára e existem muitas pessoas que continuam a desempenhar as suas profissões de igual forma que no resto do ano. Os médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e técnicos do INEM continuam a estar nos hospitais e nos respectivos centros prontos a ajudar quem necessite de cuidados médicos nesta noite. Os polícias, GNR e militares continuam a desempenhar as suas funções nas suas unidades junto da sua outra família. Os bombeiros continuam a estar sempre alerta para qualquer eventualidade (como aconteceu na noite de hoje em Lisboa). Os motoristas de autocarros e outros meios de transporte públicos continuam a deambular pela cidade prontos a levarem-nos a algum lado. E tantas outras profissões que continuam lá sem nós darmos conta. As minhas palavras matinais de hoje são de grande apreço por todos estes profissionais que abdicam dos seus momentos em família pelo bem-estar de todos. Para que nada falte a tantas outras famílias. Para que o Natal de tantos portugueses possa ser em família. Um grande bem haja a estes profissionais (e alguns meus amigos) que colocam a profissão que escolheram acima de tudo o resto. Para eles, os meus desejos de um excelente Natal e obrigada por estarem aí!
E nesta noite também muitas outras pessoas não puderam estar junto das suas famílias. Devido à sua condição de saúde tiveram de passar a noite num hospital sem o calor da sua família. Para estas pessoas vão as minhas palavras de esperança e de força. Vão os desejos de umas melhoras rápidas para que possam estar junto dos seus pois é aí que todos devemos estar: junto daqueles que mais amamos.

sábado, dezembro 24, 2011

Ao...



... ler o post da Martine no seu maravilhoso "À procura da terra do Nunca" não pude deixar de sorrir. Porque Natal sem Madagáscar para que não tem o mesmo gosto. E aqui fica mais uma pequena aventura dos pinguins mais intrépidos de toda a história do cinema.

Feliz Natal!

Yupi...



(imagens weheartit)

... a manhã do dia 24 chegou!!!! Chegou o dia de tratar dos últimos doces para o jantar de logo, de tratar da indumentária porque não devemos descurar a nossa apresentação numa noite tão importante como esta e espero que não haja presentes de última hora para comprar porque os centros comerciais devem estar uma loucura no dia de hoje. Espero que aproveitem muito bem o dia para prepararem os últimos pormenores em vossas casas ou ajudarem os vossos familiares a prepararem a casa deles para a grande noite. Sim, porque lá por serem convidados acho que podem ajudá-los a tornar a noite ainda mais perfeita! Atentem nos pequenos pormenores que podem tornar o ambiente muito mais agradável: escolham uma bela música ambiente, tornem a vossa sala mais aconchegante com umas velas (tendo sempre o cuidado de as manter longe dos mais pequeninos que esta noite andam ainda mais irrequietos), aprimorem a decoração porque esta noite é feita de momentos muito belos. E muito importante: dediquem-se hoje a abraçar aqueles que vos são mais queridos. Essa será uma excelente prenda para o dia 24 de Dezembro. Um excelente dia para todos vocês e um excelente Natal!

sexta-feira, dezembro 23, 2011

Não...

(printscreen da participação em Para mim)

... costumo fazer destas coisas aqui pelo blog e espero que não me levem a mal. De certa forma, até faço questão de divulgar o passatempo. Não sei se conhecem mas existe um site chamado Para mim em que abundam as dicas para tornar o nosso dia-a-dia mais fácil. E este site está a promover um passatempo para quem estiver registado em que é possível ganhar um conjunto de produtos do novo Pantene. Confesso que nem sou muito de concorrer a estas coisas mas desta vez pensei: "Porque não?". O passatempo passa por partilharmos o nosso segredo para termos um cabelo saudável. Na imagem (peço desculpa... está pequena demais...) está o printscreen da minha frase de participação (o meu nome aparece propositadamente escondido. Mas as meninas que forem registadas facilmente irão descobrir o verdadeiro nome da Fiona eheheheh). E escrevo-vos para que me ajudem neste pequeno passatempo a poder ser a feliz contemplada com um dos nove conjuntos. A minha frase é "Podia dizer que o meu segredo era usar champô, amaciador e máscara. Usar água fria na última lavagem. Escovar o cabelo 100 vezes todas as noites. Não usar secador. Enfim, uma imensidão de coisas. Mas o verdadeiro segredo do meu cabelo é sorrir, sorrir muito! Porque se o cabelo nasce no interior da nossa pele e esta agradece o nosso sorriso, então é esse o meu segredo!". Passem por lá e ajudem a Fiona a cuidar ainda melhor do seu cabelo! Muito obrigada!

(Graças à mari, reparei que não tinha colocado o link... Eu acedo às frases do passatempo a partir deste link: http://www.paramim.com.pt/novo-pantene/passatempo.aspx?prov=39. A minha frase foi colocada no dia 23DEZ. Obrigada!!)

Amanhã...


... é já a Noite de Natal mas ainda há tempo para sabermos como é o Natal de mais uma blogger. Trata-se da teardrop, a menina que está por detrás das palavras escritas no blog "A single tear". Por aqui pode ler-se um pouco sobre tudo, desde opiniões sobre a actualidade, a divagações sobre o trabalho ou mesmo pequenos desejos da teardrop. Gosto particularmente da atenção que a teardrop tem para com quem a lê, a quem tenta sempre responder (pelo menos, é esta a minha boa impressão). Gosto particularmente deste blog e não é à toa que volto lá diariamente em busca de novas partilhas da teardrop. E agora vamos lá saber um pouco mais sobre o Natal desta rapariga.

1. Uma boa dica para a ceia de Natal neste ano em que tanto se fala da crise.
O bacalhau com todos continua ainda assim a parecer-me a alternativa mais económica.

2. Uma sugestão de prenda de Natal para o menino e para a menina.
Sugestões low-cost: para as meninas, um conjunto de maquilhagem H&M (são os que uso e gosto bastante). Para o menino, um chá da Rituals.

3. A melhor recordação que guardas de um Natal da tua infância.
O sabor das filhoses de abóbora da minha avó e a família toda reunida. Já lá vão uns 15 anos sem os meus avós mas continuo a recordar este sabor.

4. Para além da árvore de Natal, o que não pode faltar em tua casa em termos de decoração.
Uma estrela.

5. A iguaria que mais gostas de saborear no Natal.
O polvo à lagareiro e a lampreia de ovos.

6. O teu presente de sonho.
Este ano gostava de ter uns sapatinhos Irregular Choice (mas com a crise não será possível). O meu presente de sonho de verdade é uma viagem ao Chile.

Polvo à lagareiro... É absolutamente divinal este prato e também gosto muito como tu! E uma viagem ao Chile também não vinha mesmo nada mal. Muito obrigada por teres partilhado connosco um pouco do teu Natal, teardrop!

Mais...


(imagens weheartit)

... um dia no calendário de Dezembro, menos um dia para a noite mais esperada do ano. Hoje apetecia-me estar numa cidade com neve em que pudesse construir um boneco de neve. Com direito a cachecol, gorro e nariz feito de cenoura. Já tive oportunidade de estar em países com neve e apesar de ser extremamente friorenta, confesso que gostava de ter um Natal com neve. Amo a cidade de Lisboa mas nesta época do ano tenho pena de não a ver coberta de neve. A imagem que nos transmitem do Natal desde pequenos é o de pinheiros de Natal cobertos de neve. E essa imagem fica sempre cá dentro juntamente com a criança que teima em existi dentro de nós, mesmo em adultos (sim, admitam... Ela anda aí!). E era este o meu desejo de hoje: muita, muita neve para pincelar o meu Natal de branco!

quinta-feira, dezembro 22, 2011

Ai...

(imagem weheartit)

... meu querido Sporting... Tu não me desiludas, sim? Vamos lá deixar-nos de conversas e do habitual karma da época do Natal. Bola para a frente que atrás vem gente, sim?

Pode...


... dizer-se que já se anda em contagem decrescente para uma das alturas de que gosto mais do ano. A noite de Natal é já depois de amanhã e muitas são as pessoas que, por estes dias, andam numa verdadeira correria para tentar encontrar todos os presentes desejados e as melhores iguarias para os próximos dias que, quer queiramos quer não, serão vividos em torno de uma mesa. A mesa em redor da qual se reúnem familiares que não vemos há muito ou com os quais estivemos ainda ontem. E o meu desejo são dias calmos em que a comunhão seja uma constante. Porque não gosto das vestes materiais de que se tem adornado o Natal nos últimos anos. Porque acho que não se deve passar às crianças a imagem de que o Natal é somente uma altura do ano em que os pedidos de todos os brinquedos são permitidos. Há que ver bem a imagem que estamos a transmitir às crianças porque elas são o nosso futuro. Podem dizer que isto é mais um daqueles momentos de frases feitas mas preocupa-me que os nossos miúdos não vejam o verdadeiro significado desta altura do ano. Há que privilegiar o contacto humano porque essa prenda, sim, perdura no tempo!

Menos...


... um dia para o Natal, mais umas dicas das minhas bloggers de leitura obrigatória. Hoje é o dia da Frutinha que nos escreve no seu "Desabafos e Coisas". Caracteriza o seu blog como um local onde escreve sobre aquilo que lhe vai na alma. Diz-se uma pessoa apaixonada, vaidosa q.g., emocionalmente instável e sociável. E acho que conseguimos detectar todas estas características (e algumas mais) na sua escrita. Gosto de ler em particular as dicas com que nos presenteia e dos diversos assuntos que aborda, desde beleza, à decoração, cozinha e as tão preciosas dicas de poupança. Por isso, aqui vos deixo as dicas da Frutinha para esta quadra.

1. Uma boa dica para a ceia de Natal neste ano em que tanto se fala da crise.
Ceia de Natal que é uma verdadeira ceia tem o perú, ou então o mais português Bacalhau mas que a mim não me agrada. Uma dica? Comprar produtos de marca branca. E se vai juntar a família em sua casa, porque não combinar entre todos e cada um leva uma coisa? Um doce, um bolo rei, filhoses, vinho, aletria... Por todos custa muito menos e é bem mais divertido porque todos participam.

2. Uma sugestão de prenda de Natal para o menino e para a menina.
Acho que depende da idade, mas jogos didácticos e legos para qualquer um deles parece-me bem.

3. A melhor recordação que guardas de um Natal da tua infância.
Lembro-me de quando ainda acreditava no Pai Natal, tentava ficar a noite toda acordada mas claro está adormecia sempre. Depois de madrugada acordava, ia a correr para a sala e ficava maravilhada com as prendas. Acreditava mesmo que era o Pai Natal que as deixava lá. Era perfeito.

4. Para além da árvore de Natal, o que não pode faltar em tua casa em termos de decoração.
O presépio estilo antigo, ou seja, como aquelas das nossas avós com dezenas e dezenas de figuras pequeninas em cima do musgo!

5. A iguaria que mais gostas de saborear no Natal.
Sinceramente não gosto de nenhuma em especial porque é tudo à base de fritos e não sou fã. Mas arrisco-me a dizer que é o bolo rainha.

6. O teu presente de sonho.
Neste momento? A minha casinha pois está claro.

Muito obrigada pelas tuas respostas, Frutinha. Temos o gosto pelos presépios em comum!

Lembram-se...

(imagem weheartit)

... de ter partilhado que andava assim um pouco desmotivada? Pois bem... Estive a pensar e cheguei à conclusão de que, com a envolvente actual, se estiver à espera que a motivação venha de fora, de algo exterior a mim, é melhor ficar bem sentada porque de certeza que ela não irá aparecer. Acho que tenho mesmo de ser eu a ir em busca de algo que me faça ter novamente muita energia e vontade de fazer muitas coisas. É certo que, a cada final de ano, se fazem sempre muitas listas do que queremos mudar no ano seguinte. Mas pensem lá bem... Será que chegamos mesmo a concretizar todos esses desejos, todas essas aspirações no novo ano? Muito sinceramente (e estou apenas a falar de mim e das pessoas com quem já falei sobre isto... Fico muito contente se houver por aí alguém que consiga efectivamente concretizar tudo!), parece que a maior parte das boas intenções e desejos teimam em ficar na gaveta e a não passar disso mesmo: de desejos. Se não formos nós a dar o pontapé de saída e a darmo-nos a nós próprios um verdadeiro empurrão, acho que as coisas não chegam a lado nenhum para ser sincera. Como diz o meu chefe (e olhem que neste género de coisas ele costuma ter ideias muito acertadas...) se nós não tivermos MESMO vontade de mudar, não mudamos. Não vale a pena estarmos a dizer que sim com a cabeça quando o nosso interior está a dizer exactamente o contrário. A mostrar que a mudança não nos interessa, que não nos traz qualquer ganho. Porque, quer queiramos quer não, as eventuais mudanças baseiam-se nisso mesmo: na avaliação que todos fazemos dos ganhos que podemos ter com elas. Ainda que possamos não admitir, tudo aquilo que fazemos prende-se com os dividendos (monetários, materiais ou pessoais) que podemos retirar das nossas acções.
E ao pensar nisto tudo... E independentemente dos dividendos que eu possa retirar dos possíveis desejos e intenções para o ano de 2012, tenho mesmo de ir em busca de algo que preencha este espaço que ando aqui a sentir. Ideias para consegui-lo não faltam por aqui, disso podem ter a certeza. Agora basta apenas que a convicção de querer fazer algumas mudanças e conseguir algo de novo seja muito mais do que uma convicção e passe realmente a acções. E acho que acima de tudo isto passa por rever prioridades e ver onde consigo ir mais além... E vocês? Vejam se andam a viver com as prioridades certas para a vossa a vida. Mas não se deixem ir por palavras de outros... Pensem que as vossas prioridades são mesmo isso: VOSSAS. E não existe ninguém melhor do que vocês para avaliarem de que forma podem chegar aos vossos objectivos e concretizar os vossos desejos. Por organizarem-se e prioritizarem podem ser meio caminho andando para conseguirem viver com muito menos stress e muito mais tempo para aqueles de quem vocês mais gostam. Pensem nisto e tenham uma excelente 5ª feira!

Obviamente...


(imagens weheartit)

... este post é agendado e felizmente pois, caso contrário, isso significaria que eu estaria com uma valente insónia em vez de estar a dormir... Mas quero apenas dar as boas vindas ao Inverno que, segundo ouvi, deve estar a chegar por volta desta hora. Pois então, sejas muito bem vindo, senhor Inverno! E como eu gosto desta fase do ano... Chapéus e mais chapéus, cachecóis fofinhos e muitos chás e chocolates quentes! Adoro!

quarta-feira, dezembro 21, 2011

Sabem...


... uma coisa que me dá um prazer enorme e me faz continuar ao fim de tantos anos nesta blogosfera? Ir visitar os blogs que não dispenso diariamente e encontrar bonitas palavras como estas da menina lamparina, de ver alguém que acompanhamos há tanto tempo chamar-nos amiga, ler os simpáticos comentários da tão querida Turista e receber as visitas da bem disposta Ju ou da tão simpática mari. É por todos estes bons motivos e muitos mais que continuo a ter gosto em escrever, em visitar e comentar os vossos blogs. Porque as nossas vidas merecem bons momentos de partilha, porque muitas vezes escrever é bem mais fácil do que falar e porque existem tantos talentos da escrita escondidos por esse mundo fora e que escrevem tão belas palavras que poderiam perfeitamente ser minhas. É por estes motivos que gosto tanto destas minhas voltas e de vos receber aqui. É por isso. E muito obrigada por me acompanharem nestes devaneios diários, pela paciência e pelas palavras de incentivo. Porque este meu blog é o meu cantinho onde partilho desejos, sonhos, segredos e emoções mas que não é feito apenas de mim própria. É um local onde falo dos bons e dos maus momentos. E porque me sinto acompanhada por todos vocês... Muito obrigada!! Vocês são os maiores, essa é que é essa!!!
(e Fiona sai de fininho para ir limpar assim uma lagrimazita...)

Aproximamo-nos...


... a passos largos do Natal e hoje é dia de ficarmos a conhecer um pouco mais de uma blogger, mais concretamente a Happy Brunette. Diz-se uma pessoa naturalmente alegre e capaz de sorrir com quase tudo. Por saber que tudo é efémero, gosta de aproveitar ao máximo a sua vida e uma prova disso é o que vai partilhando connosco no seu blog. Fala de muitas coisas no seu blog... De roupa, de maquilhagem, do que vai fazendo, das suas paixões e dos seus desejos. Apesar de ser um blog que fala de moda e afins, não é daqueles cansativos em que apenas se vê roupas, roupas e mais roupas. Permite-nos também conhecer quem está por detrás do blog e ir conhecendo aquilo que a faz sorrir e que a faz feliz. Conheço este blog há pouco tempo mas, por falar de tantas coisas diferentes, é um dos meus blogs preferidos. E vamos agora conhecer um pouco mais do Natal da Happy Brunette.

1. Uma boa dica para a ceia de Natal neste ano em que tanto se fala da crise.
Para mim é um bocadinho complicado responder a isto já que na minha família, as ceias de Natal são sempre repletas de comidinhas e petiscos deliciosos (não fosse a minha sogra alentejana). No entanto, tudo é feito em casa com a excepção do leitão que é comprado. A minha dica é se puderem fazer não comprem feito... É mais saboroso, é mais divertido e podem sempre fazer as coisas em conjunto. Acho que cozinhar em conjunto reforça os laços e há sempre situações muito divertidas. Por isso, a meu ver, só se ganha em fazer comidinhas caseiras. Relativamente às prendas, é não entrar me exageros. Tentar oferecer algo verdadeiramente útil mas também aliando um cunho pessoal e escolher as prendas como se fosse para mim, independentemente do preço... Não é por uma prenda ser mais cara que é melhor.

2. Uma sugestão de prenda de Natal para o menino e para a menina.
Ora aqui está uma pergunta delicada já que tenho sobrinhas e sobrinhos... Penso que para o menino, caso ele goste, aqueles kits do Imaginário da National Geographic são fantásticos. Para a menina (no caso das minhas sobrinhas e como elas são todas femininas), uma boneca ou um perfume. Sou apologista de que no Natal as crianças devem receber alguns brinquedos e coisas que adorem... Haa e livros também é uma excelente sugestão para ambos claro.

3. A melhor recordação que guardas de um Natal da tua infância.
Esta também é complicada, infelizmente a minha família não está completa... Há cerca de 5 anos que uma das pessoas mais importantes da minha vida já cá não está e a melhor recordação de Natal que tenho era a época em que montávamos um presépio enorme e tínhamos que ir comprar musgo...

4. Para além da árvore de Natal, o que não pode faltar em tua casa em termos de decoração.
Haaaaahaaaaahahaha uma rena na maçaneta da porta do lado de fora e um Pai Natal de loiça que a minha sogra me ofereceu!

5. A iguaria que mais gostas de saborear no Natal.
Como já devem ter reparado, adoro comer por isso é-me difícil escolher só uma mas adoro as filhoses de abóbora, o bacalhau e o perú... E adoro roupa velha (no dia seguinte)!!!

6. O teu presente de sonho.
O meu presente de sonho seria ir passar o Natal a Nova Iorque... Ir ao Rockefeller Center e patinar e ver aquela árvore de Natal gigantona!!!

Adorei ler as tuas respostas. Muito obrigada pela tua participação. E como te compreendo quando falas do facto da tua sogra ser alentejana.. Quando se tem alentejanos na família, a hora de sentar à mesa é sempre bem complicada porque as iguarias são mais do que muitas e é sempre difícil de escolher!

E...


... já passou um ano, Avô...

terça-feira, dezembro 20, 2011

Já...

... há algum tempo que ando com a sensação de que me falta qualquer coisa para me sentir completamente realizada. Estou a trabalhar no local que sempre desejei embora tenha que confessar que estes tempos de adversidade e a consequente redução do volume de trabalho de uma forma que nunca esperei me estejam a fazer confusão. Gosto de ter mais actividade e de estar mais ocupada. Gosto de me ver envolvida em novos projectos mas parece que quem está lá em cima apenas está preocupado com o próprio umbigo mais do que com motivar as pessoas que fazem parte da sua equipa. Faz-me confusão. Nestes momentos de menor actividade vou pensando em outras formas que não me deixem desmotivar. Porque uma pessoa desmotivada é das piores coisas que pode existir! Tenho vontade de fazer coisas novas, de conhecer pessoas novas, de mudar de ares... Temos momentos nas nossas vidas em que necessitamos disso mesmo: de novidade! Há que procurar, que querer... E eu encontro-me num desses momentos em que quero coisas novas para me sentir ainda melhor comigo mesma. Tenho coisas que me fazem muito feliz, tenho dois pais maravilhosos que estão sempre ao meu lado e a quem eu devo tudo, tenho bons amigos que também estão lá... Mas quando o bichinho da desmotivação começa a rondar, confesso que me começo a sentir assim um pouco perdida. Quero que 2012 me traga mais e novos projectos para poder dar tudo aquilo que sou capaz. Tenho uma ou outra ideia que gostava de explorar mas às vezes não é fácil... Ainda mais em tempos de crise... Vamos ver... Há que ter pensamento positivo!

Sabem...

(imagem weheartit)

... qual é uma das divisões da casa de que mais gosto? Provavelmente irá soar-vos um pouco estranho mas a divisão de que gosto mais é a cozinha. Pois bem... Poderia ter escolhido a sala ou o quarto, por exemplo, mas é mesmo da cozinha que eu gosto! Gosto de uma cozinha recheada de pormenores que me identifiquem, de ter os meus frascos de especiarias todos organizados. Gosto das cores claras e luminosas. Enfim, gosto da organização que se consegue ter numa cozinha. Não é por nada mas acho que isto aqui deve ser defeito profissional ou assim. Vejo na cozinha o meu laboratório privado onde posso fazer as experiências que eu quiser sempre em busca do prato perfeito. Numa palavra... Adoro! E vocês, meus leitores adorados, qual é a vossa divisão preferida da casa?

Para...

... quem não quiser perder pitada do desafio que coloquei a algumas bloggers para falarem um pouco sobre o Natal, vão ali à página "O natal dos meus blogs preferidos" e vejam o que foi partilhado. Boas leituras!

Cucu...

(imagem weheartit)

... 3ª feira, estás aí? Pronta para mais um dia recheado de coisas para fazer? Estás a esconder-te porquê, hem? Diz? Tens frio? Ora, ora, ora... E tu achas que isso lá é razão para não aproveitares muito bem mais este novo dia? Nada disso, minha menina, que eu não te vou deixar agora ficares a fazer ronha. Alguma vez se admite uma coisa dessas quando há tanto para aproveitar? Pula lá para fora da cama e genica que isso é o que é preciso!!! Tenham uma excelente 3ª feira e espreitem sempre bem o vosso caminho. As boas notícias podem estar logo ao virar da esquina!

segunda-feira, dezembro 19, 2011

Pensavam...


... que as sugestões das minhas bloggers favoritas já tinham terminado? Nem pensem! Ainda tenho muito mais para partilhar convosco. Descobri o blog da Ana há pouco tempo. Uma descoberta recente mas que me fez desde o início regressar todos os dias em busca das suas divagações diárias. Gosto das sugestões de trapinhos e de decoração que nos deixa no seu "Agora a sério..." e a forma brincalhona como escreve. As peripécias do dia-a-dia, a decoração da sua casa, tudo são bons motivos para dar um saltinho ao seu blog e conhecê-la um pouco melhor. De certeza que não se irão arrepender!
Mas agora é chegado o momento de saber, afinal, de que é feito o Natal da simpática Ana.

1. Uma boa dica para a ceia de Natal neste ano em que tanto se fala da crise.
Nesta época é usual vermos cabazes completos a um preço acessível. A dica é estarmos atentos às promoções das grandes cadeias de hipermercados. Com ou sem bacalhau na mesa, o importante é estar em família.

2. Uma sugestão de prenda de Natal para o menino e para a menina.
Para fugir aos tradicionais brinquedos que as crianças adoram, optaria por comprar livros. É uma prenda que nunca passa de moda e que alimenta a alma de qualquer pessoa.

3. A melhor recordação que guardas de um Natal da tua infância.
As melhores recordações de Natal estão todas na casa dos meus avós maternos. Recordo com saudade os mimos que eles me davam e o amor que havia sempre em redor da mesa. Quando perdi os meus avós, perdi um pouquinho do meu Natal.

4. Para além da árvore de Natal, o que não pode faltar em tua casa em termos de decoração.
O presépio, com direito ao musgo.

5. A iguaria que mais gostas de saborear no Natal.
Sou diabética, por isso os doces de Natal são, para mim, uma tentação à qual sou obrigada a fugir. Contudo, há sempre uma ou outra iguaria a que não resisto. Os sonhos e as fatias douradas são um bom exemplo disso (risos).

6. O teu presente de sonho.
Uma viagem à Itália ou à Escócia.

Muito obrigada pela tua participação, Ana. Concordo contigo quando dizes que os livros são a alma de qualquer pessoa. Adoro ler e acho que é das melhores prendas que podemos dar a alguma pessoa porque ler desperta-nos para tantas coisas que não podemos mesmo deixar de fazê-lo. E sim, Itália e Escócia também seriam dois destinos de sonho para mim!

Será...



... que sempre que acordamos, damos as boas-vindas ao novo dia da melhor maneira? Tentem acordar sempre com um sorriso e gritar bem alto "Hello, World!". Aproveitem bem todos os vossos minutos e sejam muito felizes! Desejo-vos uma excelente 2ª feira com esta banda sonora que eu adoro!

domingo, dezembro 18, 2011

Lá...

(imagem weheartit)

... fora brilha um sol que me dá vontade de caminhar um pouco mas nesta manhã de Domingo isso não é possível. Há trabalhinho que tem de ser feito até amanhã. Nem sempre os dias de fim-de-semana são, para mim, efectivamente de descanso mas o que importa é que não encaro o que faço como uma obrigação por isso é muito bom! Hoje o dia vai repartir-se entre escrita e algumas leituras. Tem de ser mas como se costuma dizer "quem corre por gosto, não cansa!". Por isso, desejo-vos um excelente Domingo e aproveitem bem para dar um passeio ou estar com a família. See you later!

sábado, dezembro 17, 2011

E...





... aqui fica o resultado do workshop de hoje. Peço desculpa pela qualidade das imagens mas esqueci-me de levar a máquina fotográfica (por incrível que pareça...) e a câmara do telemóvel não é lá grande coisa.
Foram estes os resultados do workshop sobre decoração de mesa de Natal a que fui hoje no IKEA. Começou por ter-se uma pequena apresentação feita por duas pessoas da equipa de decoração da loja que explicaram alguns dos pormenores a ter em conta quando se põe uma mesa como sejam o estilo de cada pessoa (tradicional ou moderno) ou o tipo de jantar (sentado, volante, formal ou informal). Falou-se também do tipo de serviços de jantar e das opções que se pode ter com cada um deles bem como dos têxteis e texturas que se podem utilizar na mesa. Após esta breve apresentação, chegou o momento de cada um preparar uma mesa decorada para a quadra que estamos a viver. Eu e a mamã Fiona optamos por preparar duas decorações diferentes: para a mesa da noite de Natal (as primeiras três fotografias) e para a noite de Reis (as duas últimas fotografias).
Para a mesa de Natal, tentámos fugir um pouco daquilo que é mais comum ver como seja uma toalha vermelha e motivos em verde ou dourado. Escolhemos flores em tom de vermelho e bege atadas com um laço prateado e velas também em tons vermelhos e bege. Escolhemos um individual de cor preta e uma loiça em tons neutros bege. O guardanapo vermelho foi adornado com uma cornucópia também prateada e finalizou-se com dois copos de pé alto e os talheres.
Para a mesa de Reis (porque cá em casa também se valoriza bastante este dia!), escolhemos como tons de base para os pratos o roxo escuro e o branco. O individual é prateado e os talheres são lisos. Escolhemos como copos um de pé alto e um copo raso em tom de roxo a combinar com o serviço. Finalizámos com o guardanapo colocado numa coroa de Rei Mago invertida (não se vê muito bem na foto) e com um candelabro em tons de branco.
Deixo-vos também os nomes dos produtos usados em ambas as decorações.



Após a parte prática, foi oferecido um lanche a todos os participantes no workshop. Devo dizer que gostei bastante e que é, sem dúvida, algo a repetir. E vocês? Gostam de decorar as vossas mesas de uma forma mais tradicional ou apostam na inovação?