sexta-feira, março 09, 2012

Nunca...

(imagem weheartit)

... gostei de rebanhos. As únicas ovelhas de que gosto são as verdadeiras. E entre as que não são verdadeiras, o lugar de honra vai aqui para esta ovelha inglesa. De resto, detesto ir em rebanhos. Detesto sentir-me influenciada e que estou a seguir um grupo cegamente. Gosto de utilizar a minha massa cinzenta. Aliás, o que ela precisa é de exercício para que não haja lugar a estagnação. Desde cedo que me foi incutido que se deve ter ideias próprias e privilegiar o pensamento. Podemos observar o que outros fazem, ouvir as suas opiniões, ver esta ou aquela tendência mas devemos sempre deixar a nossa personalidade longe das influências que nos façam ser apenas mais um entre a multidão. Cada ser humano deve destacar-se à sua maneira e ter na sua personalidade rica e única o seu bem mais precioso. Muitas vezes, ao deambular por esta blogosfera, vejo que existem tantas formas de estar a serem seguidas de uma forma quase cega que me faz alguma confusão... Afinal onde fica a individualidade de cada um? Seja na vida real ou na blogosfera, somos ou não somos seres únicos? Não quero de modo algum criticar ninguém nem estou a pensar em nenhum caso em particular mas preocupa-me ver tantos blogs iguais. A sério que sim. Porque começo a pensar que, se as pessoas transmitem essa imagem através das palavras e fotografias que partilham, como serão na vida real? Também sei que muitos blogs vivem de personagens construídas apenas para esta blogosfera (sim, não me venham dizer o contrário que eu não acredito...). Mas não podemos visitar blogs consecutivamente em que se fala exactamente das mesmas coisas. Quando criei este blog, já lá vão uns aninhos, a blogosfera vivia quase sempre de diários de bordo, se assim lhes quisermos chamar. Iam-se partilhando opiniões, descobertas e peripécias do dia-a-dia e apesar de serem todos blogs do mesmo tipo, havia originalidade e via-se que existia alma por detrás dos blogs. E não é à toa que muitos blogs desta época existem ainda hoje e continuam a atrair leitores todos os dias pela originalidade da sua escrita e da sua forma de estar na blogosfera. Mas é pena que tanto esteja a mudar...

6 comentários:

  1. é o resultado da stardização dos padrões. Só és boa se tiveres uns sapatos daquela marca, usares aquela maquilhagem, beberes aquele café e fores vista naquele restaurante.

    E a maioria não vê problema nesta situação. Aliás, faz questão que seja assim e tenta cumprir ao máximo.

    E depois, se há alguém menos consensual,é o 31 d'armada e uma espécie de cataclismo blogosferico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca gostei que me tentassem impor determinado padrão no que toca ao que deveria vestir ou que lugares deveria frequentar. Sinceramente, acho que cada um de nós deve escolher o que lhe apetece fazer e de que forma lhe apetece andar. Quanto a padrões já me bastam os profissionais e que tenho de seguir todos os dias. Fora da porta do meu trabalho gosto de ser eu mesma e de ter uma personalidade construir por mim e não tirada a papel químico de outra pessoal. Mas acho que este tipo de coisas apenas traduz o enfraquecimento dos valores da nossa sociedade, não é verdade?

      Eliminar
  2. Ai a blogosfera, só por si já daria tema para muitos posts. O ridículo disto tudo é que quem não segue a carneirada, quem não gosta do que a maioria gosta ou pensa da mesma forma, é logo chamada de invejosa e ressabiada. Isto dava um estudo, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida que dava um estudo! Não estou no mundo da blogosfera à muito tempo, mas dá para apreciar um pouco as coisas. É pena que por vezes as pessoas a serem elas própria ainda acabam por serem criticadas, mas é assim a nossa sociedade

    ResponderEliminar
  4. Olá,
    olha eu estou nisto há pouco tempo.
    Contudo considero que tens razão ao dizeres que há muitos do mmo género.
    Sim, é verdade. Por vezes penso que será um pouco enfadonho abrir x ou y pq são muito semelhantes ... mas...eu tb não posso criticar mt pq o meu é assim, como eu sou...se é original ou não não sei pq «voçês» é que o abrem mas...mmo que ninguém o leia...eu escrevo e publico qq coisa ...
    ; )
    Bjs linda
    Fica bem

    ResponderEliminar
  5. @Ana e Farruskinha: olhem que acho mesmo que dava um verdadeiro estudo. Acho que se os sociólogos se debruçassem mais sobre estudo mundo da blogosfera poderiam descobrir muitas coisas bem interessantes sobre a relação das pessoas e forma como elas se posicionam.

    @LOL aos 40: sinceramente, eu gosto bastante daqueles blogs em que se sente que a pessoa se mostra da forma que ela é. Prefiro "diários de bordo" do que mais do mesmo, muito sinceramente.

    Bjs para todas!

    ResponderEliminar